Menu Principal

Anúncio I

domingo, 8 de janeiro de 2017

Campos do Jordão [Dicas de Roteiro]

Venha conhecer Campos do Jordão, em São Paulo.


Uma famosa cidade que fica repleta de turistas durante o inverno, conhecida por muitos como a "Suíça paulista". Saiba também o que é possível fazer por aqui e o porquê dela ser interessante não só no inverno, mas sim em todas as estações do ano.

Campos do Jordão está localizada no interior do Estado de São Paulo, mais precisamente na Serra da Mantiqueira e fica à altitude de 1.628 metros, sendo portanto, o mais alto município brasileiro.

Possui uma população de pouco mais de 50.000 habitantes e está a 173 km da cidade de São Paulo, a 350 km de distância do Rio de Janeiro e a aproximadamente 500 km de Belo Horizonte. Sua principal via de acesso é a Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro.


A partir da década de 50 Campos do Jordão começou a consolidar-se como um dos principais destinos de inverno do Brasil e passou a ser apelidada por muitos de "a Suíça paulista".




Quando Ir?


É no inverno que a cidade tem a sua alta temporada. Com baixas temperaturas, Campos do Jordão é perfeita para apreciar os atrativos naturais e curtir o clima romântico envolto em lareiras, chocolates quentes, vinhos e fondues.

Esse período, é também, o de maior movimentos de turistas, tendo como ápice o Festival de Inverno, que acontece no mês de julho. Por conta disso engarrafamentos e filas tornam-se comuns dia e noite e muitas pousadas trabalham apenas com pacotes.

Nas outras estações do ano, a cidade fica bem menos povoada e os preços caem um pouco, mas continua bonita e com temperaturas amenas, perfeitas para relaxar e passear curtindo o verde que circunda a região. Alguns restaurantes costumam fechar no começo da semana.

Na estação entre julho e agosto acontece a Festa das Cerejeiras em Flor, no Parque das Cerejeiras Sakura Home, na Vila Albertina. Além de apreciar as árvores floridas, o evento conta com danças folclóricas e comidas típicas do Japão.

Como chegar?

De Avião: O aeroporto mais próximo é o de São José dos Campos, a 90 km de distância.

De Carro:

Vindo de São Paulo: Acesso pelo sistema Ayrton Senna-Carvalho Pinto [SP-070] e Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro [SP-123].

Vindo do Rio de Janeiro: Quem chega do Rio pega a mesma estrada a partir da saída 117 da Via Dutra [BR-116]. A SP-123 é bem-conservada e tem bonita vista para um vale [fique atento a um mirante no km 44, sentido Taubaté]

Vindo de Belo Horizonte: Saindo da capital mineira o viajante precisa percorrer 582 km vindo pela pela Rodovia Fernão Dias. Ao chegar em Pouso Alegre, ascese a Rodovia MG-295 e siga até São Bento do Sapucaí. Então pegue a SP-42 que tem entroncamento com a SP-50 que conduz ao município.

De Ônibus: As empresas Pássaro Marrom e 1001 têm saídas da cidade de São Paulo e Rio de Janeiro em direção a Campos do Jordão.

O que fazer em Campos do Jordão?

A cidade oferece atrativos para todos os gostos, desde os amantes da natureza e de esportes radicais aos que desejam apenas um tranquilo passeio urbano.

Apreciando a Arte

Palácio Boa Vista.
Para os apreciadores das artes, um bom roteiro pode ser a visita ao Palácio Boa Vista, sede de inverno do governo do estado. O prédio já vale a visita, além disso, ele conta com um acervo de 3.500 obras de arte e as visitas guiadas são gratuitas. Ali perto também é imperdível o Museu Felícia Leirner, com obras da escultora ao ar livre. O parque abriga ainda o auditório Cláudio Santoro, sede do Festival de Inverno.



Curtindo o Festival de Inverno

O inverno, aconchegante por natureza em Campos do Jordão, ganha uma dose a mais de glamour no mês de julho, quando acontece o Festival de Inverno. O evento de música erudita, que teve início em 1969, não para de crescer, atraindo instrumentistas renomados do Brasil e do exterior. A vasta programação inclui ainda oficinas para jovens músicos. 

O palco principal da festa é o auditório Cláudio Santoro, onde já se apresentaram orquestras de diversos países. O evento, entretanto, vem espalhando-se pela cidade através da exibição de espetáculos alternativos e gratuitos na Praça Capivari e no Palácio Boa Vista, além de igrejas e espaços culturais.

Na onda do festival, eventos paralelos incrementam a agenda de Campos de Jordão e reúnem não apenas os fãs de música clássica, mas também os amantes do pop, do rock e das batidas eletrônicas.


Centro Comercial da Vila Capivari


Movimentado de dia e à noite, o bairro da Vila Capivari é o ponto de encontro de todas as tribos. O circuito formado pela Rua Doutor Djalma Forjaz, a Av. Macedo Soares e a Praça São Benedito reúne uma infinidade de lojas, restaurantes, galerias de arte e praças.

O charme é intensificado pela arquitetura em estilo germânico que contorna residências e prédios comerciais. No fim de tarde, os bares ao ar livre e os cafés ficam concorridos - todo mundo quer ver e ser visto enquanto degusta um fumegante chocolate quente, uma taça de vinho, um hot drink, aprecia os deliciosos chocolates da cidade ou degusta um gostoso e caloroso hambúrguer artesanal.




Outras opções de Compras

Campos do Jordão também conta com algumas excelentes galerias de compras. Conheça agora algumas delas:

Galeria Vila Capivari
[Obs.: Não confundir com o Bairro Capivari]



Essa galeria abriga os comerciantes da antiga feirinha do Pico do Itapeva, ponto turístico famoso por ter uma das mais belas vistas da região do Paraíba. No total existem mais de 100 lojas que trazem para o turista produtos de qualidade com preços muito bons [se comparados aos do Centro Comercial].

Aqui são vendidos malhas, chocolates, jeans e moletons, roupas de couro e lã, artesanatos, luvas, lanches e bebidas, chocolate quente, cachecóis, gorros, camisetas, brinquedos e lembranças da cidade em geral para presentear familiares, amigos ou até nós mesmos! De acordo com os organizadores essa galeria tem a capacidade de receber até 20 mil pessoas por dia, o que eu não é de se duvidar, já que ela é bem grande.





Vila do Artesanato


Praticamente ao lado da Galeria Capivari está a Galeria do Artesanato, que conta com mais algumas lojinhas que também vendem malhas, lanches, mais vestuários, lembrancinhas e artesanatos em geral.



Morro do Elefante

Parte de Baixo

Seguindo para o próximo assunto, mas sem perder a deixa do anterior. Na parte de baixo do Morro do Elefante, que está próximo das duas galerias também existe mais uma com mais algumas lojas, ao mesmo estilo das anteriores.





Nesse local ainda é possível andar de pedalinho na lagoa ou brincar no mini-parquinho que está ali perto, um passeio ideal para quem está com crianças. E vale lembrar que ainda é possível subir para o alto do morro do elefante ao utilizar o teleférico.

Obs.: As atrações a seguir estão no alto do Morro do Elefante [caso tenha subido lá pelo teleférico].

Parque dos Elefantes




Esse é um parque bem simples, ideal para crianças pequenas, que poderão conferir diversas esculturas de elefantes [ou seus ancestrais, como o Mamute] em tamanho real ou não em várias poses e formatos para que tirem fotos e leiam as placas para saber mais curiosidades sobre eles.

Mirante do Morro do Elefante

Bem próximo a esse parque de esculturas está um mirante bem legal.



O mirante é bem amplo e dele é possível ter uma vista panorâmica de boa parte da cidade, em especial da Vila Capivari, da Vila Abernéssia e da Jaguaribe. O lugar conta também com mais alguns vendedores.


Pequenas curiosidades: Pouco antes de se chegar a esse mirante existe a escultura de um elefante que está sozinho. É dito que se uma pessoa encostar na tromba desse elefante irá se casar, se encostar na cauda dele irá se separar e se tocar em sua barriga irá engravidar.

Nas Redondezas

Depois de apreciar a cidade e descobrir o que ela tem a nos oferecer, uma boa pedida é visitar as suas redondezas para apreciar a natureza que a circunda. Para isso pode-se fazer passeios como o da Pedra do Baú ou Pico do Itapeva, conhecer os Jardins de Amantikir e até mesmo visitar as cidades próximas dali, que também são muito interessantes e turísticas.

Jardins Amantikir


O Jardim Amantikir está localizado numa área de 35 mil m² e é uma opção para quem gosta de um belo passeio de contemplação de cenários realmente lindos, no alto da Serra da Mantiqueira.

Foi inaugurado em 2007 e possui 22 jardins, que somam mais de 800 espécies de plantas e inspirações de jardins de várias partes do mundo, como Espanha, França, Suíça, Inglaterra, Escócia, México, Canadá, que se integram a paisagem dominada pela mata nativa das montanhas.


Santo Antônio do Pinhal


As belezas da Serra da Mantiqueira servem de pano de fundo para a maioria das atividades praticadas em Santo Antônio do Pinhal, como as caminhadas por trilhas e a subida ao Pico Agudo para apreciar o pôr do sol. Os cenários são semelhantes no passeio de trem que leva a Campos de Jordão e no Jardim dos Pinhais.   


São Bento do Sapucaí


Curtir a natureza é o programa obrigatório em São Bento do Sapucaí, embora também seja permitido se entregar à preguiça em bons e longos momentos! Aqui o visitante deve aproveitar para caminhar até o topo da Pedra do Baú e relaxar enquanto assiste ao pôr do sol. Ou então, pedalar até alguma das muitas cachoeiras e recuperar as energias com um refrescante banho. Apreciar o artesanato e degustar trutas fresquinhas em deliciosas versões também fazem parte do roteiro.


Aparecida


Em Aparecida, o tipo de turismo já será bem diferente. Por aqui prevalece o turismo religioso, onde o fiel poderá conhecer a cidade que leva o nome da santa, que tem todos seus atrativos ligados à Nossa Senhora.

O cartão-postal da cidade é o Santuário Nacional, onde está a linda Basílica Nova, abrigando, além da imagem da padroeira do Brasil, várias capelas e salas como a das Velas e dos Milagres. E ainda tem a Basílica Matriz, a Passarela da Fé, o Bondinho Aparecida e muito mais.




Outras Atrações da cidade:

A cidade ainda conta com muitas outras atrações interessantes, como a Cervejaria Baden Baden, o Horto Florestal, a Ducha de Prata, o Centro de Lazer Tarundu, o Rancho Santo Antônio, o Bosque do Silêncio, diversos lugares onde é possível realizar passeios de quadriciclo e muito mais. Mas é certo que curtindo ao menos algumas das atrações acima já será possível fazer uma excelente viagem.

Isso é tudo. Boa sorte e até o próximo post!

Fontes Pesquisadas:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Campos_do_Jord%C3%A3o
https://www.feriasbrasil.com.br/sp/aparecida/oqueverefazer.cfm
https://www.feriasbrasil.com.br/sp/camposdojordao/quandoir.cfm
https://www.feriasbrasil.com.br/sp/camposdojordao/comochegar.cfm
https://camposdojordao.com.br/lugares-imperdiveis/amatikir-garden/
https://www.feriasbrasil.com.br/sp/camposdojordao/nasredondezas.cfm
https://www.feriasbrasil.com.br/sp/sbentodosapucai/oqueverefazer.cfm
https://www.feriasbrasil.com.br/sp/camposdojordao/festivaldeinverno-det.cfm
https://www.feriasbrasil.com.br/sp/santoantoniodopinhal/oqueverefazer.cfm
https://guia.melhoresdestinos.com.br/o-que-fazer-campos-do-jordao-119-1233-p.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botão Voltar ao Topo