Menu Principal

Anúncio I

domingo, 14 de outubro de 2018

Passeando pelo Vale Europeu [p9]

No período entre os dias 07 e 14 de Outubro realizei uma viagem junto a Luciana com a São José para o seguinte destino: Vale Europeu c/ Curitiba, Beto Carrero World e Oktoberfest.


Confira agora como foi a 9ª parte dessa viagem, onde conto como foi mágico passeio pelo trenzinho do Beto Carrero World.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 
Clique AQUI, na imagem abaixo ou no link para acessar o índice dessa viagem:



Clicar: [Índice]
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 

Sem mais delongas, vamos ao relato...

DIA 05 - Quinta [11 de Outubro de 2018] (Cont.)

Trenzinho


Já acomodados e posicionados no trenzinho, chegou a hora de partir!

Esse pessoal da camisa laranja segue uma excursão específica e tira foto das pessoas e do grupo aqui no parque. Depois mostram um álbum e também um CD em memória daqui para que as pessoas resolvam se querem comprar ou não.



Inicialmente eu pensava que o trenzinho daria uma volta em todo o parque, mas após poucos minutos percebi que seria bem diferente. Pouco mais a frente já começamos a avistar algumas aves.



A própria estátua que vimos pelo caminho já nos indicou o que veríamos em seguida: Gorilas.






O trenzinho andava razoavelmente devagar, de forma que as pessoas pudessem apreciar a beleza do local e também observar as várias estátuas de personagens e animais que estavam no caminho. Outro ponto interessante daqui é que a água é totalmente tratada e não existem mosquitos por aqui [aliás, em todos os meus dias pelo sul nessa viagem não vi sequer um único mosquito, quem enchia a nossa paciência eram as formigas mesmo!].









Agora entramos num túnel em formato de serpente...




Tudo escureceu por alguns instantes, mas nada que nos preocupasse. Já as crianças ficaram loucas de alegria e ficaram muito felizes nessa hora, não só agora mas também observando as próximas estátuas de animais e personagens que estavam por vir.

[Para um adulto esse passeio pode ser considerado uma atividade relaxante, já para uma criança pequena, a partir daqui esse passeio começaria a ficar cada vez mais mágico...]



Era muito legal observar as crianças super empolgadas gritando assim: Olha a tartaruga, olha o jacaré! Que grande!

Após passar por uma mata fechada e uma pequena ponte chegamos a Fazenda Beto Carrero.





Nesse lugar o trenzinho começou a andar cada vez mais devagar, até que parou completamente, e... "bandidos" apareceram!

O que contribuía ainda mais com o clima da atração era que a música do trem mudava e o áudio [que dizia ser do maquinista] sempre nos informava das coisas e vez ou outra até contava alguma história, seja sobre o parque ou aquilo que estava por vir, e nesse caso, começou a dizer algo assim:

- "Cuidado, chegaram os bandidos do bando do Maldock, o que vamos fazer!?"

Vídeo 26:



[Antes de continuar com meu relato só peço perdão pela louca que deu no Youtube na hora da edição desse vídeo. Na câmera o vídeo está completamente normal, entretanto no Youtube ficou na vertical por algum motivo esquisito]

E de repente começou a tocar a música do Beto Carrero e um Cowboy montado em seu cavalo espantou os bandidos que estavam "assolando" esse trem.

Vídeo 27:



A platéia foi a loucura com esse pequeno show. Aconteceu bem de surpresa e foi muito legal. E assim continuamos mais um pouco:









Passamos por uma área com alguns monstros...




E também pela vila do papai noel.







Agora começamos a ver dinossauros e as crianças estavam animadas como nunca.






Ao entrar no túnel o trenzinho parou novamente. Aqui começou a ocorrer um incrível jogo de luzes e sombras, onde a cada momento se iluminava um ou alguns dinossauros, sendo que muitos deles faziam alguns tipos de movimento, tudo com uma bela música e ainda sons jurássicos ao fundo. Foi algo realmente incrível de se ver!









E tudo ficou ainda mais surpreendente quando ao final se iluminou tudo de uma só vez, de modo que conseguimos ver todos os dinossauros, com o vulcão ao fundo rugindo ao que indicava parecer o fim da jornada deles nesse mundo [uma espécie de alusão a extinção dos dinossauros pelo meteoro].

Vídeo 28:



Obs.: Como minha câmera não é muito boa e eu tinha ficado de boca aberta vislumbrando isso não gravei um bom vídeo desse momento. Por isso peguei um pequeno vídeo da net para mostrar pra vocês esse pedaço do mundo dos dinossauros!


Pra mim que sou adulto foi incrível o que vi dentro dessa caverna. Para uma criança esse momento com certeza foi mágico e especial! E o trem começou a andar novamente.













Agora sim o passeio acabou! No início eu tinha achado que seria algo muito comum e que apenas perderia algum tempo aqui, mas depois de tudo que vi percebi que tinha feito a escolha certa e ir a esse trenzinho tinha valido muito a pena! [Obs.: Oficialmente essa atração se chama Ferrovia Dinomagic. Esse é o motivo por existirem muitas estátuas de dinossauros próximos a onde se forma a fila para entrar no brinquedo - E claramente, acredito que a parte da caverna contribui muito para que se receba esse nome também!]

Ao sair tentamos observar onde estava o pessoal do nosso grupo da excursão da São José, mas eles já estavam completamente dispersados e não vimos ninguém conhecido nas proximidades, por isso preferimos procurar algum lugar para bicar alguma coisa [pois a Lu estava reclamando que estava quase passando mal e ficando com o corpo fraco e mole de fome] e a gente ainda pretendia almoçar e participar do show do Hot Wheels, que é um dos mais recomendados, conhecido e assistidos de todo o parque.

Ao andar deu pra perceber muito bem o cuidado e zelo que a organização possui com tudo, seja com os detalhes, com pequenos brinquedinhos espalhados por aí e até mesmo com os quiosques, que sempre são enfeitados segundo algum tema específico.






Recarregando as energias com um picolé super delicioso!
Ao passar por alguma loja interessante pelo caminho compramos água [que aqui é sempre bem caro: R$ 5,00 para uma garrafinha de plástico pequena - Valores de 2018] e picolé para cada um de nós e rumamos para a área temática do Hot Wheels.







Ao observar o que era servido aqui: basicamente vários tipos de hambúrgueres diferentes...



... a Luciana não gostou muito da ideia e disse que preferia comer na praça de alimentação do Beto Carrero mesmo. Do restaurante vimos uma lojinha e entramos ali pra ver o que tinha dentro dela.




Nessa lojinha vendiam muitos dos brinquedos da Hot Wheels e nisso ela pensou em comprar alguma coisa pra dar de presente pro Lolô, sobrinho dela.

"Tchô vê os preços"!



- "Nussa, que caro!"

Lu depois de olhar os preços do produto!





Dali seguimos pra fora e perguntamos para um dos guardas como se fazia para ir ao evento do Hot Wheels, e ele disse que começaria dentro de pouco mais de 1 hora e meia e que era pra gente fazer o possível pra chegar nesse lugar novamente com ao menos meia hora de antecedência.

Essa área é bem legal e cheia de atrações interessantes:



Kart.
Mini-bug para crianças pequenas.
Tchibum: Nesse brinquedo temos uma espécie de mini-montanha russa na água onde os carrinhos são substituídos por barquinhos e os visitantes passeiam a 15 metros de altura até despencarem a 80 km/hora em um tanque de água.
Vídeo 29:


Como estávamos com pressa, seguimos nosso caminho andando rapidamente e sem parar para observar as atrações.


Montanha-russa.

Bolha aventura: Aqui a pessoa fica dentro de uma bolha transparente, podendo andar, pular ou mesmo apenas relaxar sobre a água.







Aqui curiosamente encontramos aquele moço da camisa laranja que tirava as fotos e ele nos pediu para que a gente tirasse uma foto cada um montado em um cavalo que havia por ali. Essas fotos também ficaram bem legais:




Andamos mais um pouquinho...



... e chegamos!





Finalmente chegamos no lugar em que iríamos almoçar, mas o que fizemos por aqui ficará para o próximo post, já que esse ficou muito extenso.

Para acessa a Parte 10 desse relato clique AQUI, na imagem ou no link abaixo:



Clicar: [Parte 10]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botão Voltar ao Topo