Menu Principal

sábado, 4 de março de 2017

Intercâmbio no Uruguai [Parte 25]

Enfim, chegamos a 25ª e última parte do meu relato sobre o intercâmbio que fiz no Uruguai.


Nessa parte conto como foi o meu último dia no país, a despedida da família e também o que ocorreu durante todo o percurso de volta até chegar de novo na minha casa, no Brasil.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 
Clique AQUI ou na imagem abaixo para acessar o índice dessa viagem:

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 

E agora a continuação do relato...

DIA 28 - Sábado [04 de Março de 2017]

Acordei às 7:30h e percebi que eu com certeza dormi muito ansioso, pois deixei a cama nesse estado:



Minha mala e algumas das minhas coisas também estavam espalhadas pelo quarto, por isso que dava essa impressão de tanta bagunça. Primeiro arrumei a minha cama e depois comecei a guardar as coisas na mala, mas não dei muita sorte porque ela estava voltando mais muito mais pesada do que há um mês atrás e sequer consegui colocar os souvenires dentro dela, pois eles tinham ficado em uma sacola com uma blusa enrolada nelas.



Então preferi parar de mexer na mala e fui até a sala para tomar o meu café na mesa com o resto do pessoal.



O Álvaro, o dono da casa tinha percebido que eu gostava de comer biscoitos e coisas doces e ele e sua esposa fizeram uma mesa bem especial de despedida pra mim, e eu, claro, não resisti e ataquei os pãezinhos!

Aproveitei e até tirei uma foto junto ao pessoal que estava hospedado na casa deles ainda.

Da esquerda para a direita: Álvaro, Eu, Kelsy e Stela.
Após conversarmos um bocadinho eles pegaram um caderninho e perguntaram se eu não gostaria de escrever uma mensagem de despedida para eles. Abaixo estão as anotações do Míchel, pouco antes de ir embora.


Eu não tinha percebido, mas até fotos nossas eles tinham tirado e já haviam deixado coladas no caderno:



Como na foto não ficou nítido, então vou transcrever abaixo a mensagem que eu deixei para eles:

BRASIL - THIAGO MARTINS ROCHA
Montevideo, 04 de Marzo de 2017

¡Hola! ¡Stela y Alvaro!

Me gustó mucho ese mes que pasé acá en Montevideo, conoci buena parte de la ciudad, hice muchos paseos, conoci museos, parques, y decenas de lugares interesantes de la ciudad.

También conoci Punta del Este, Colonia del Sacramento y Salto del Penitente, y aún tuve la oportunidad de "aprimorar" y "revisar" mi español acá en Uruguay.

Fue una experiencia muy rica y increíble, me gustó mucho y su país será un hogar que siempre estará en mís memorias. Agradezco a todos por esa oportunidad.

Buena suerte y que pases bién ¡Chau!

Abrazos, Thiago

---------------------------------------------------------------
Notas: Toda la experiencia que tuve acá estará en mi Blog [Blog Tudo Rocha] en la opción Montevideo.
---------------------------------------------------------------

Para se ter uma ideia, já se hospedaram tantas pessoas na casa deles que o primeiro caderno tinha sido todo preenchido e esse já era o segundo caderno de anotações de despedidas.

Assim que escrevi meu texto a Stela me ajudou com as coisas e arrumou tudo de um jeito que ela conseguiu "compactar" a maioria das coisas dentro da minha mala, pois do jeito que estava antes ela me disse que eu seria barrado no aeroporto e poderia perder todas as minhas lembrancinhas adquiridas nessa viagem.









Com tudo organizado do jeito que precisava, às 10:00h saí para comprar biscoitos e passei pela Calle 18 de Julio, pela Plaza Independencia e pelos ambulantes da feirinha que estavam montando suas barracas próximo a praça da Academia Uruguay.









Aqui aproveitei para ver o que estavam vendendo, pois haviam mais barraquinhas do que durante os dias de semana. Ao voltar entrei numa loja de conveniência, onde comprei os biscoitos, balas e até um alfajor para levar de presente para minha mãe a pra Luciana.


Voltei tudo até próximo a Casa da Família, mas preferi passar direto e andar mais um pouco até chegar na costa, já que o apartamento deles não estava muito longe de lá. Dei uma última andada na Rambla e fiz todo o caminho de volta.











Às 11:00h já estava na Casa da Família novamente! Fiquei mexendo um pouco no celular e às 12:00h almocei naquele restaurante da esquina. Pedi um Chibito al Plato, uma das comidas mais típicas do país.



Veio super caprichado e estava excelente! Como a moza daqui foi a primeira que me atendeu e foi bem cordial comigo, mesmo quando eu ainda não sabia das regras e etiquetas dos restaurantes uruguaios [no caso, sequer imaginava que tinha que dar la propina quando fosse atendido em algum lugar] dei uma gorjeta bem generosa para ela, a agradeci pela atenção e informei que esse era seria o meu último dia nesse país. Ela ficou bem feliz e me agradeceu de volta.

Voltei às 12:50h e fiquei esperando o carro que ia me buscar. Nesse meio tempo me despedi de vez do pessoal e entreguei para eles a chave do apartamento.


Às 13:20h a Fernanda, a filha do casal chegou e nós finalmente partimos rumo ao aeroporto de Carrasco.


























Voltamos por todo o caminho, em sua maior parte pela Rambla, desde Montevideo até chegar no aeroporto e pelo caminho vi muitos dos lugares pelos quais eu já tinha passado antes, como o letreiro de Montevideo, o Castillo Pittamiglio, o Puerto de Buceo e por aí vai!

Chegamos às 14:20h, me despedi da Fernanda e entrei no aeroporto para realizar os procedimentos de embarque, dali andei para o gate que eu precisava e comprei água [não percebi e acabei comprando água com gás por engano] e também um chocolate uruguaio em uma das lojas do aeroporto com o pouco dinheiro que ainda me restava.












Ali fiquei mexendo no celular para passar o tempo. Às 17:25 meu avião partiu rumo a Guarulhos, em São Paulo.







Pra passar o tempo lanchei e fique lendo uma das revistas oferecidas pela companhia aérea enquanto o avião seguia até o seu destino.







Cheguei em São Paulo às 19:10h e andei rapidamente até o terminal onde a gente pega as nossas malas.




Após esperar um bocado peguei minhas coisas e saí rumo ao Gate 244.







Demorei um bocado para chegar até o local correto porque a sinalização estava bem confusa e quase que enfrentei a fila para o lugar errado. Após perceber meu erro segui para o lugar devido e às 20:50h cheguei no lugar onde eu realmente deveria estar.




Mas tive de sair dali após pouco tempo, porque ouvi um aviso da rádio do aeroporto dizendo para irmos ao Gate 229, que estava próximo dali. Às 21:10h entramos no avião, que por algum motivo demorou para decolar e assim finalmente parti para Belo Horizonte.









Como estava bem escuro, não deu nem pra tirar fotos pela janela do avião. Às 23:00h já estávamos pousando no Aeroporto de Confins. Ali segui rapidamente para a esteira para pegar a minha mala e fiquei na parte de fora do aeroporto, esperando o Filipe da Rumo certo que ia me buscar.




Enquanto esperava o Filipe aproveitei para tirar uma foto do meu passaporte, que finalmente teve preenchido o seu primeiro destino internacional, com data de ida e de regresso!



Às 23:54h o Filipe chegou e partirmos rumo a minha casa, em Contagem.



DIA 29 (Extra) - Domingo [05 de Março de 2017]







Após algum tempo embrenhando pelo caminho, às 00:50h cheguei no meu lar. Me despedi do Filipe e entrei na minha casa. Após cumprimentar meu pai e minha mãe comi uns pãezinhos que minha mãe tinha feito especialmente para mim.



Como a viagem tinha sido bem longa e puxada e eu estava bem cansado, deitei em minha cama e dormi.

Acordei umas 8:30h e comecei esvaziar as coisas da minha mochila. Guardei uma tonelada de papeis que tinha recebido enquanto estava passeando pelo Uruguai e esvaziei as coisas da minha mala. Também coloquei o que precisava para lavar e fui deixando as lembrancinhas e souvenires meus e também os que eu ia dar de presente para meus familiares em cima da mesa para fazer o meu "ritual" que sempre faço quando termino uma viagem.

Às 10:30h tomei um banho e busquei a Lu, passeamos no Carrefour e depois voltamos para minha casa para guardarmos as coisas dela. Dali seguimos para um restaurante, onde almoçamos arroz com feijão [o dito cujo que eu já não comia há um mês] e outras delícias  da culinária mineira.



No caminho ainda pedimos picolé em uma sorveteria que estava pelo caminho.



Ao voltarmos, após colocarmos o papo em dia a Lu, minha "arrumadora" organizou as coisas para mim e a foto oficial com boa parte dos presentes ficou assim:



Aproveitamos e também tiramos a foto do meu diploma oficial desse intercâmbio que fiz no Uruguai.



E por fim, as conquistas da viagem, que serão adicionadas à minha coleção:











E para fechar com chave de ouro, minha coleção completa ficou assim:



Agora sim, viagem finalizada!

Boa sorte...
... e até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botão Voltar ao Topo