Menu Principal

Anúncio I

quarta-feira, 24 de abril de 2019

Diversão em Caldas Novas [p9]

Estarei agora contando como foi o relato de viagem para Caldas Novas [Goiás] junto a família da Luciana.


Veja como foi a 9ª Parte dessa viagem, em que vimos muita água nas mais diferentes temperaturas.


Essas são as partes desse relato:



Sem mais delongas, vamos voltar ao relato...

DIA 05 - Domingo [28 de Abril de 2019] - Cont.

Pouco antes de sair do Hotbum, perguntamos a algum funcionário onde poderíamos ir para almoçar. Com as orientações dadas começamos a seguir rumo ao restaurante.





Andamos um bocadinho, fizemos algumas curvas, seguimos as plaquinhas, descemos uma ou outra escada e dentro de pouco tempo avistamos o restaurante.



Enfrentamos uma pequena fila e conversei com a atendente que estava no caixa. Estava em dúvida se aqui cobravam direto pelo cartão de débito / crédito ou se eu deveria recarregar o cartão magnético que recebi na entrada.

A moça foi super simpática comigo e me informou que o cartão de cada pessoa já vinha com - se não me engano - R$ 360,00 [ano de 2019] já creditados para se gastar pelo Hot Park e que apenas na saída que o cliente negociava como iria pagar isso.

Sabendo disso, enfim, fomos almoçar:


Meu prato:


- Me empolguei pegando coisas gostosas e diferentes e quando me conta acabei enchendo meu prato como se fosse uma montanha. Até demorei, mas consegui comer tudo!

De bucho cheio, começamos o caminho indo em direção ao Hotbum, mas alteramos o percurso depois de algum tempo. Chegamos até a avistar rapidamente algumas atrações pelo caminho, como o Halfi Pipe e um macaco do viveiro do Birdland [que, aliás - estava fazendo muito barulho nessa hora].

Half Pipe:



Macaco do viveiro do Birland:


Quando avistamos aquela casinha da entrada do Birdland falei pro Lolô que eu tinha visto uma cobra lá mais cedo, ele ficou muito curioso e entrou no lugar com vontade de conhecer uma cobra de verdade, mas ao ver uma enrolada na perna de uma pessoa recuou um pouquinho e a avistou apenas de longe mesmo:


No caminho ainda avistamos aquela cascatinha que eu havia passado antes, então paramos pra tirar foto da família Trololó [Lorenzo, Luciana e Dona Graça]:


Ao andar mais um pouco acabamos naquela área das piscinas interligadas. Andamos até um local que a Luciana e a Dona Graça pensaram ser confortável e ficamos descansando lá.



Vista daqui:



Vista do alto:


O clima estava ótimo, o céu bem azul, com uma temperatura ótima e no meio desse paraíso. Nesse passeio, sempre que queria comia a vontade, bebia refri sem me preocupar com dieta, quando desejava tomava picolé, de férias, sem ter nenhuma preocupação em acordar cedo para o trabalho. Estava me sentindo quase como um rei nessa hora, de tão gostoso que o ambiente estava.

A Luciana, o Lolô e a Dona Graça tomaram picolé e eu apenas comprei água porque precisava fazer a digestão do pratão que havia comido a pouco tempo atrás. Enquanto foleava as matérias no Youtube ou no Facebook com meu celular pra passar o tempo, a Luciana aproveitou pra conversar com a Lorrayne [mãe do Lorenzo] via Whatsapp.



Antes de sair desse lugar ainda tivemos tempo de tirar mais uma foto da Dona Graça junto ao Lolô num banquinho:


E voltamos ao Hotbum mais uma vez porque o Lorenzo havia adorado aquele lugar:

Apesar dos mascotes da Turminha da Zooeira serem bem legais e fofos o Lolô não deu muita ideia para eles.
Eu ainda estava curioso com as coisas que existiam no parque e queria tirar mais fotos do que avistasse pela frente, por isso saí para explorar o parque mais uma vez. Voltei pelo mesmo caminho que fomos no refeitório pra apreciar com mais detalhes algumas atrações que havia visto pelo caminho.



O primeiro lugar pós almoço que avistei foi o Acqua Race, que infelizmente estava em manutenção.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 
Acqua Race, Hot Park

É difícil não notar os grandiosos toboáguas do Acqua Race. Formada por três escorregadores com ponto de descida localizado a 13 metros de altura, com uma descida alucinante de 110 metros de comprimento e com velocidade que pode chegar a 30 km/h, a atração faz parte das mais radicais de todo o parque!

Os escorregadores são denominados Caldas, Pirapitinga e Corumbá. E, apesar de terem o mesmo comprimento, os percursos são totalmente diferentes. Assim, em cada um deles, se tem uma experiência completamente nova!

Um dos principais diferenciais desses tobogãs e toboáguas é que se faz a descida com o corpo totalmente livre. Isto é, sem nada de boia, tapete ou qualquer outro acessório! Dá um friozinho bom na barriga só de imaginar né?

Fotos de quando esse brinquedo está funcionando [retirei da internet]:



Fonte Pesquisada:
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 




Após passar por mais um "Ponto de Aventura" avistei o Half Pipe novamente. Dessa vez entrei dentro da atração pra ver como ela era mais detalhadamente:



- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 
Half Pipe, Hot Park

O primeiro toboágua construído em forma de U no Brasil é perfeito para quem não abre mão de atividades totalmente radicais. O design do Half Pipe é inspirado nas pistas de Skate e, por isso, as suas rampas foram feitas com a inclinação de quase 90 graus.

O visitante e seu acompanhante irão sentar na boia e escorregar por uma queda livre de 13 metros, para enfim, aterrizar na segunda parte do aparelho.

As rampas são permanentemente molhadas para garantir que as boias escorreguem e ganhem muita velocidade. Assim, após chegar do outro lado, a boia ficará em movimento de zig zag, com uma inclinação que chega a quase 90 graus. Então, a velocidade começará a reduzir e, por fim, irá parar. 

Fonte Pesquisada:
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 

Andei mais um pouco e até tirei uma selfie com um mascote que vi pelo caminho:



De início pensei que estava passando pelo Lazy River novamente, mas percebi que o lugar estava um pouco diferente.



Na hora não percebi, mas tinha encontrado o Acqua River Fini.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 
Acqua River Fini, Hot Park

A atração Acqua River Fini é simplesmente incrível! São três toboáguas com sensações distintas. O primeiro é o Tocantins: a descida é feita de tapete e metade do percurso é aberto e a outra metade do percurso é feita no escuro. O segundo é o Araguaia: a descida é feita de boia, metade do percurso é aberto e a outra é no escuro. O terceiro é o Paranaíba: a descida é feita de boia e todo o percurso é fechado. Todos os toboáguas possuem mais de 17 metros de altura e 150 metros de extensão. Isso significa que a aventura é do início ao fim! A melhor parte fica por conta da chegada. Os aventureiros terminam a missão em águas quentinhas e cristalinas da piscina.

Não basta ser uma grande atração do Hot Park, o Acqua River é também o primeiro toboágua do Brasil a utilizar esteira de proteção e é o maior em dimensão de calhas. O aventureiro desce a pista de boia e passa por entre as árvores, tendo uma vista simplesmente incrível e uma sensação única! Ao final do percurso, águas termais estão à espera do visitante, tornando o passeio ainda mais especial e divertido.

Fonte Pesquisada:
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 

Passei por mais alguns quiosques de alimentação e adentrei numa casinha com o nome "Park Club", mas não encontrei ninguém dentro de lá nessa hora.










Não entendi ao certo pra que esse lugar servia, mas devia estar relacionado a alguma coisa administrativa. Dali segui meu caminho até que avistei uma placa interessante dizendo "Praia do Cerrado", e mais uma vez me desloquei a caminho dessa atração.



Ao longe: o insano toboágua do Xpirado.





Diferentemente das outras plaquinhas de direção essa atração estava bem longe, ao ponto que tive de atravessar uma ponte e após isso ainda passar por algumas lojinhas, uma área de apoio, guarda-volumes e uma enorme quadra de areia.












Enfim, cheguei a Praia do Cerrado:





















- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 
Praia do Cerrado, Hot Park

Areia branca, fininha e macia, águas transparentes e mornas, orla repleta de coqueiros e uma paisagem de tirar o fôlego formam a Praia do Cerrado, a maior praia artificial com águas naturalmente quentes do mundo.

A infraestrutura da praia artificial foi inteiramente planejada para que o visitante sinta como se estivesse no litoral, mas, com as vantagens de aproveitar a água doce e quentinha, que é renovada a cada três horas.

Os nove tipos de ondas que a praia produz se alternam com períodos de calmaria, para que todos possam curtir o mar dessa praia fantástica. Além disso, para quem curte dar aquele mergulho, as ondas podem chegar a 1,20 metros de altura.

Com o tamanho equivalente a quatro campos de futebol, a Praia do Cerrado no Hot Park é a pedida ideal para quem quer esquecer a rotina e relaxar. Além de se divertir com as ondas, ainda é possível desfrutar das quadras de areia para praticar seu esporte favorito com a família e amigos.

E, claro, para que a diversão da família seja completa, a praia possui espaços planejados especialmente para a alegria dos pequenos e ainda uma infraestrutura completa, com vários quiosques, bar molhado, palco, sanitários e muito mais.

Escola de Surf na Praia do Cerrado

Para participar das aulas é necessário ter no mínimo sete anos e fazer o agendamento prévio, pois elas acontecem com grupos de oito pessoas por vez. Além disso, as aulas começam após o encerramento das atividades do parque aquático, ou seja, você e sua família poderão curtir por mais tempo ainda a praia artificial do Hot Park. [Notas: Vale lembrar que essas eram as regras de quando visitei o parque, em 2019. Caso esteja visitando ele em outra data confira no site deles para ver se não mudaram alguma coisa.]

Fonte Pesquisada:

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 

Estava tão distraído com minha exploração que sequer estava pensando no tempo ou em qualquer outra coisa, só voltei a realidade novamente quando recebi um zap da Luciana me perguntando onde estava e se não ia entrar nas piscinas.



Então resolvi voltar tudo direto até chegar ao povo novamente, parando, claro, pra tirar uma selfie com a minhoca da Fini e para comprar um picolé enquanto percorria todo o caminho de volta.




Mais uma vez cheguei ao Hotbum, local em que estavam o Lorenzo, a Luciana e a Dona Graça. No próximo post estarei contando como foi a parte mais divertida dessa viagem para Goiás.

Para acessar a Parte 10 desse relato clique AQUI, na imagem ou no link abaixo:



Clicar: [Parte 10]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botão Voltar ao Topo